Ritmista da Tabajara funda Consulado da Portela no Japão - G.R.E.S. Portela

Notícias

Ritmista da Tabajara funda Consulado da Portela no Japão

16/05/2016

Um ritmista da Portela que reside no Japão e cinco japoneses anunciaram a fundação do primeiro Consulado da Portela fora do Brasil. A sede fica na cidade que abriga o maior desfile de escolas de samba no exterior: a metrópole Tóquio. 
 
O presidente do Consulado da Portela no Japão é o carioca Marcello Sudoh. Membro da Equipe PortelaWEB, ele é ritmista do naipe de cuícas da escola. Possui um dos maiores acervos da memória da Portela, agremiação onde pisou pela primeira vez em 1978. No Japão desfila na bateria do GRES Alegria.
 
A ideia de fundar o Consulado fora do Brasil surgiu em parceria com o Departamento Cultural da Portela. Marcello já mantinha um grupo informal no arquipélago japonês, chamado Grupo Portela-Japão. "Quando ficou sabendo da fundação do Consulado da Portela em São Paulo e em Brasília, começou a tratar os detalhes da fundação com Rogerio Rodrigues, membro daquele Departamento. O Consulado foi registrado como ONG no país e o processo todo durou três meses", esclarece Sudoh.
 
Com a diretoria formada e divulgada para os componentes de várias escolas japonesas, o grupo aguarda a posse da nova diretoria do GRES Portela para começar a realizar os primeiros eventos. Dentre eles, a Feijoada da Família Portelense em Tóquio, Roda de Sambas-Enredo, Pagode da Portela, workshops, dentre outras atividades.
 
A vice-presidente do Consulado e diretora Financeira é Kishuko Sudoh. Esposa do presidente, ela dá aulas para passistas japonesas e já foi rainha da bateria e coordenadora de ala de passistas de duas escolas de samba no Japão. No Rio, desfila na ala de passista da União do Parque Curicica. No Japão é passista do GRES Alegria.
 
Portelense há muitos anos, Kiyohisa Hoshino é secretário-geral do Consulado da Portela no Japão e presidente da escola que mais venceu o Asakusa Samba Carnival: o GRES Bárbaros. Além de comandar a escola de Tóquio, que tem as cores azul e branco, ele toca surdo de terceira.
 
Yohei Inoue também ocupa o cargo de secretário-geral. Apaixonado por sambas-enredos, é um dos fundadores do Enredo Karaokê, encontro de sambistas japoneses para cantar sambas-enredos. Inoue é membro do GRES Liberdade.
 
Outra apaixonada pela Portela, Noriko Kiyama, é a diretora de Eventos. É multi-instrumentista e já foi diretora de bateria do GRES Alegria, escola onde tem histórico em vários cargos. Esteve recentemente no Rio.
 
Por fim, a diretora de Relações Públicas é Ayako Yazawa. Componente do GRES Estrangeiros, do Estado de Chiba, vizinho a Tóquio, Ayako foi conquistada recentemente pela Portela e é colecionadora de suvenirs da escola. Ela mesma faz alguns acessórios para uso próprio inspirada na águia da escola.
 
O Consulado da Portela no Japão aguarda a confecção de sua camisa e prepara um pequeno evento de lançamento, no dia 29, a fim de reunir os portelenses japoneses e comemorar a eleição da nova diretoria da Portela.
 
O primeiro evento será um workshop virtual com o diretor de cuícas da Portela, Arsênio. Ele será entrevistado por cuiqueiros de várias escolas japonesas e dará dicas relacionadas ao instrumento. O segundo evento ocorrerá em julho. O Consulado realiza a Roda de Samba-Enredo da Portela, com a presença de componentes de várias escolas.
 
Clique no link a seguir para conhecer o site do Consulado da Portela no Japão. http://ltrl1917.wix.com/consuladoportela
 
 
Foto: Da direita para a esquerda: Marcello, Kishuko, Ayako, Kiyohisa, Yohei e Noriko.

Parceiros