Portela já tem samba-enredo para o Carnaval 2019 - G.R.E.S. Portela

Notícias

Portela já tem samba-enredo para o Carnaval 2019

06/10/2018

Parceria de Jorge do Batuke, Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, Beto Aquino, Claudinho Oliveira, José Carlos, Zé Miranda, D’Souza e Araguaci é a grande vencedora da disputa
 
 
A Portela definiu, na madrugada deste sábado (6), o seu samba-enredo para o Carnaval 2019, quando homenageará a inesquecível cantora Clara Nunes (1942-1983). Na disputa entre três composições, venceu a parceria assinada por Jorge do Batuke, Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, Beto Aquino, Claudinho Oliveira, José Carlos, Zé Miranda, D’Souza e Araguaci. 

>>> CLIQUE E OUÇA O SAMBA CAMPEÃO
 
Campeão pela primeira vez em sua escola do coração, Jorge do Batuke, que já havia sido finalista três vezes, se emocionou após ouvir o resultado e falou sobre a vitória. "O diferencial do nosso samba foi a emoção. Nós tínhamos grandes obras na disputa, mas o nosso samba tinha a característica forte da emoção. Muita gente chorava durante as apresentações nas eliminatórias. É um samba vibrante! Outro diferencial também foi pelo samba ter sido feito em primeira pessoa. É a própria Clara cantando o retorno dela pra Portela", disse o compositor.
 
O presidente Luis Carlos Magalhães também destacou as qualidades da obra. "Tivemos três grandes finalistas e uma belíssima safra como um todo. Clara Nunes e a Portela mereciam isso! O samba vencedor conquistou a maioria dos segmentos da escola e emocionou os jurados. Podem ter certeza que a Portela estará muito bem representada no quesito samba-enredo em 2019", disse. 
 
A finalíssima, que foi transmitida, ao vivo, pela fan page oficial da agremiação no Facebook, contou, ainda, com apresentações especiais da escola paulistana Nenê de Vila Matilde, que terá a Portela como enredo no próximo desfile, e da escola mirim Filhos da Águia, que exaltará o cartunista Lan. Outro destaque da noite foi a encenação em homenagem a Clara Nunes, lembrando a religiosidade da artista. 
 
Após o resultado, que foi anunciado por volta das 6h10 deste sábado, a escola comemorou a escolha do novo hino com um desfile pela Rua Clara Nunes.
 
A maior campeã do carnaval carioca será a terceira escola a desfilar na Segunda-feira de Carnaval, com o enredo "Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá", de autoria da carnavalesca Rosa Magalhães.
 
 
Confira a letra do samba-enredo 
Enredo: Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá
Compositores: Jorge do Batuke, Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, Beto Aquino, Claudinho Oliveira, José Carlos, Zé Miranda, D’Souza e Araguaci
 
Axé... sou eu
Mestiça, morena de Angola, sou eu
No palco, no meio da rua, sou eu
Mineira faceira, sereia a cantar, deixa serenar...
Que o mar... de Oswaldo Cruz a Madureira
Mareia... a brasilidade do meu lugar
Nos versos de um cantador
O canto das raças a me chamar, ôôôôô...
 
De pé descalço no templo do samba estou
É rosa, é renda, pra Águia se enfeitar
Folia, furdunço, ijexá
Na festa de Ogum Beira-mar
É ponto firmado pros meus orixás
 
Eparrei Oyá, Eparrei...
Sopra o vento, me faz sonhar
Deixa o povo se emocionar (refrão)
Tua filha voltou, minha mãe
 
Pra ver a Portela tão querida
E ficar feliz da vida
Quando a Velha Guarda passar
A negritude aguerrida em procissão
Mais uma vez deixei levar meu coração
A Paulo, meu professor
Natal, nosso guardião
Candeia, que ilumina o meu caminhar
Voltei à Avenida saudosista,
Pro Azul e Branco modernista... eternizar
Voltei e fiz um pedido à Padroeira, 
Nas cinzas desta Quarta-feira... comemorar
 
Nossas estrelas no céu estão em festa
Lá vem Portela com as bênçãos de Oxalá
No canto de um Sabiá
Sambando até de manhã
Sou Clara Guerreira, a filha de Ogum com Iansã



Foto: Leo Cordeiro / Divulgação
Legenda: Liderados por Jorge do Batuke (de gravata), compositores comemoram vitória com o coreógrafo Carlinhos de Jesus
 

Parceiros