Confira letra do samba-enredo da Portela - G.R.E.S. Portela

Notícias

Confira letra do samba-enredo da Portela

06/10/2018


Enredo: Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá
Carnavalesca: Rosa Magalhães
Ordem de desfile: 3ª escola de Segunda-feira
Autores do samba: Jorge do Batuke, Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, Beto Aquino, Claudinho Oliveira, José Carlos, Zé Miranda, D’Souza e Araguaci


>>> CLIQUE E VEJA O CLIPE
 

Axé... sou eu
Mestiça, morena de Angola, sou eu
No palco, no meio da rua, sou eu
Mineira faceira, sereia a cantar, deixa serenar...
Que o mar... de Oswaldo Cruz a Madureira
Mareia... a brasilidade do meu lugar
Nos versos de um cantador
O canto das raças a me chamar, ôôôôô...
 
De pé descalço no templo do samba estou
É rosa, é renda, pra Águia se enfeitar
Folia, furdunço, ijexá
Na festa de Ogum Beira-mar
É ponto firmado pros meus orixás
 
Eparrei Oyá, Eparrei...
Sopra o vento, me faz sonhar
Deixa o povo se emocionar (refrão)
Tua filha voltou, minha mãe
 
Pra ver a Portela tão querida
E ficar feliz da vida
Quando a Velha Guarda passar
A negritude aguerrida em procissão
Mais uma vez deixei levar meu coração
A Paulo, meu professor
Natal, nosso guardião
Candeia, que ilumina o meu caminhar
Voltei à Avenida saudosista,
Pro Azul e Branco modernista... eternizar
Voltei e fiz um pedido à Padroeira, 
Nas cinzas desta Quarta-feira... comemorar
 
Nossas estrelas no céu estão em festa
Lá vem Portela com as bênçãos de Oxalá
No canto de um Sabiá
Sambando até de manhã
Sou Clara Guerreira, a filha de Ogum com Iansã
 
 
 
Foto: Leo Cordeiro / Divulgação
 

Parceiros